Sejam bem vindos ao RPG via Fórum, onde pretendemos reunir jogadores, curiosos e interessados nesse grandioso mundo que é o RPG

Conectar-se

Esqueci minha senha



Parceiros
Fórum grátis

Últimos assuntos
» Chat - BatePapo - Descontração
28/10/16, 08:53 am por Fake

» [RPG] Terra devastada(Survival Z)
09/08/16, 05:42 pm por Felype Dias

» [RPG] UNIVERSOS
31/05/16, 03:45 pm por Grifen

» [UNIVERSOS] Ficha e Instruções
31/05/16, 03:37 pm por Grifen

» [RPG] Caminho Das Chaves
17/03/16, 02:29 pm por LíderDosLíderes

» [Database] Caminho das Chaves
16/02/16, 05:32 pm por LíderDosLíderes

» [RPG] Turno da Noite (Solo)
05/11/15, 06:42 pm por OJPSampaio

» [RPG] Mundo Aberto – Vampires à Paris
28/06/15, 08:29 pm por RPGista

» Peste Negra em Sevilla: Fichas e Informações do Cenário
26/06/15, 04:50 pm por RPGista


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[RPG] Reverse Genesis - TEA

Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 10 de 12]

271 [Khalitzburg] Clínica em 08/08/14, 02:37 am

Fake

avatar
   
   
Senet


- A rampa está lá fora. Por alguns motivos, a que agente tinha dentro da clínica quebrou. - ele se direcionou para fora. Dando a volta pelo "hospital", você se deparou com uma rampa em U com uma inclinação bem leve, feita de cimento e larga o suficiente para um carro passar. Os "U"s se repetem até chegar ao último andar, mas vocês apenas foram até o segundo andar.

Adentraram a clínica novamente, por uma varanda no segundo andar, no extremo da construção. A porta de vidro deslizante pela qual vocês entraram dava em uma sala com uma maca, alguns armários, uma pia e quatro cadeiras simples de madeira com almofadas ao redor de uma mesa branca simples.

- Pode se sentar ou deitar na maca. - o garoto em pijamas disse. Após você se apoiar na maca, ele começou a procurar algo nos armários, até encontrar um objeto com um formato que lembra um L e o colocou em cima da mesa. Depois, removeu a sua tacha cuidadosamente, usando uma tesoura que cortou os cipós como se fossem de papel.

Esqueça homem jovem, olhando de perto ele parece uma criança mesmo. Uma criança muito preguiçosa, pela maneira do qual ele anda e fala, com todo o corpo mole como se fosse um zumbi. Ele não dá a impressão de ser aquele ao qual você iria atrás se algo de ruim acontecesse.

Depois de tirar a tacha, ele pegou uma espécie de tecido e começou a enrolar em seu pé. Na metade do processo, pegou o L, colocou-o de forma a deixar a sua perna reta, e continuou a enrolar. O L parece ser feito de plástico, mas um pouco mais resistente. E o tecido branco parece ter algo especial. Ao toque parece que há água fresca enrolado na sua perna.

Quando ele terminou de enrolar, o tecido se apertou em seu pé, ficando bem firme. Sua perna ficou presa em uma posição reta, e não era parece possível entortar a sua perna à força.

O tecido não parece abafar ou sufocar a sua perna. Aliás, dá a impressão que o vento pode passar facilmente pelo tecido. E o L, apesar de não te permitir mudar a posição de seu pé, parece praticamente uma parte de seu corpo que sempre esteve ali.

- Eu não... - ele deu um bocejo longo, tomando uns dez segundos para terminar. - ...Não preciso realmente de dinheiro ou de gente trabalhando aqui. Só o que falta nessa clinica é sangue. Se você doar um pouco do seu sangue e devolver o material - ele apontou para sua perna, se referindo ao tecido e ao negócio em formato de L - Eu deixo de graça, já que não foi muito trabalho. Pode ser?


[OFF] Meh, não tem problema o post ser relativamente curto. Já tive que lidar com posts mais curtos. Como um post que literalmente era apenas:



Última edição por Fake em 08/08/14, 06:47 am, editado 2 vez(es)

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

272 [Klazark] em 08/08/14, 03:02 am

Fake

avatar
   
   
Silver


Você guardou o cristal em um bolso qualquer, enquanto voltava à pilha de cinzas e buscava as roupas pretas de sujeira. Era a parte superior de um traje. Olhando bem de perto, é possível ver uma malha, feita com inúmeras correntes entrelaçadas, por trás de um tecido bem resistente e flexível. E um buraco redondo bem no meio. Além disso, a parte inferior parece ter sido rasgada, então há uma parte do traje faltando.

Afora isso, na pilha de cinzas havia algumas partes de metal que você não tinha certeza do que eram. Duas parecem com um braceletes estranhos. Uma outra parte vagamente lembra uma cinta, mas é pequena demais para ser. E além disso, o metal forma apenas 180 graus.

Você também encontrou uma calça leg, que, similar ao traje superior, possui uma malha e um tecido flexível cobrindo a malha. Essas roupas são até que bem pesadas. Não dá para simplesmente carregar-las por aí com facilidade, ainda mais sem nenhuma mochila. Suas mãos estão cheias só de carregar as roupas e o lampião nas mãos. E as roupas não parecem conter nenhum encantamento.

Você adentrou a construção em que você demolira a porta. O cheiro havia voltado, mas dessa vez estava fraco. Provavelmente causado pelo sangue seco, ou você se esqueceu de alguma parte de um corpo. O interior continuava uma bagunça absoluta.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

273 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 08/08/14, 03:32 am

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
Eu ia guardar meu achado nessa construção já que é a que fica mais próxima de onde os itens estão, mas o cheiro de podridão me faz mudar de ideia. Pretendo descansar aqui por algumas horas antes de entrar na ruína. Mesmo que o cheiro seja fraco, ele vai ficar irritante depois de um tempo.

Eu deixo o lampião e as roupas no dormitório com as beliches. Volto ao local da pira e procuro na pilha de cinzas por qualquer outra coisa que eu possa não ter visto, aproveitando para fechar o alçapão das ruínas, e levo tudo que encontrar para o dormitório.

Fecho a porta ao entrar, e sento em uma das camas para examinar com mais cuidado os objetos que encontrei. Organizo tudo à minha frente para tomar inventário do que tenho - não faço ideia do que vou encontrar lá em baixo, e qualquer coisa pode ser útil.

Ver perfil do usuário

Fake

avatar
   
   
Alexander Trinndad
PILOTO AUTOMÁTICO


- ...Ah, acho que vai ser melhor você ir descansar. - Larisse disse. - Amanhã agente conversa, tudo bem? Vem cá. - ela se levantou da cadeira e segurou sua mão direita com as duas mãos dela. Apesar de ela ter segurado sua mão antes, como suas mãos estava amortecidas por causa do frio, apenas agora você percebeu como as mãos dela são delicadas.

Ela te puxou de leve em direção às escadas, virada para você e andando para trás. Foi um pouco surpreendente como ela te levou até um quarto no segundo andar sem se acidentar, apesar de não olhar para trás nenhuma vez enquanto andava de costas. Assim que ela entrou, soltou sua mão e acendeu a luz, vinda de uma lâmpada elétrica branca no meio do quarto.

O quarto era um dos últimos em um corredor largo logo após as escadas. De móveis, o quarto apenas possui uma cama com lençol preto encostado perto de uma varanda, que estava fechada com o que parece ser uma porta deslizável de vidro.

O chão de mármore preto e as paredes brancas simples não realmente transmite muita riqueza, embora mármore não seja algo de gente pobre. As cortinas que tapam sua visão da veranda também são pretas. Além da cortina, um armário na parede com portas de madeira pintadas de preto também se destacava um pouco em relação às paredes brancas.

- Você vai dormir aqui! - Larisse disse, animadamente. Finalmente, ela soltou sua mão. Ela deu uma olhada algumas vezes ao redor. - Ah. Não tem cobertor. Vou ir buscar um cobertor lá.

A garota saiu do quarto, te deixando sozinho por uns trinta segundos antes de voltar, carregando uma coberta verde-escuro e um travesseiro verde limão. - ...não vai combinar com a sala, mas não tem outras cores... - ela disse, baixinho.

- Amanhã eu vejo se eu consigo uns cobertores melhores. - pelo jeito que ela está falando, você vai ficar por mais que um dia.

Ela colocou o cobertor e o travesseiro em cima da cama preta. - Bom, eu vou deixar você descansar. Se precisar, eu estou no quarto logo ao lado. Ah, e eu te devolvo as suas roupas depois. - Larisse saiu logo depois de terminar de falar, fechando a porta preta do seu quarto.

Olhando o armário, ele parece vazio... Não realmente tem nada para se fazer no quarto. Você colocou sua bolsa em um canto, e dormiu, usando o cobertor e travesseiro verde após desligar a luz.

. . . .




Você acordou de manhã cedo. Alguns cobertores pretos estavam em cima do seu pé, dobrados perfeitamente, junto com um travesseiro preto. Parecem limpos. Dava para sentir um cheiro de comida, vindo de fora. No final das contas, você foi dormir sem comer nada ontem... seu estômago começou a roncar, com o cheiro de comida.

Saindo de seu quarto, você se deparou com uma Larisse aparentemente resfriada. Estava tossindo bastante. Parecia que ela estava indo para o seu quarto, até você sair do mesmo. Quando ela te viu, ela acenou para você de leve.

- Dormiu bem, Alex? Os garotos estão fazendo comida lá embaixo. Eu vou- *cough cough* Eu vou fazer algumas coisas antes de descer. Pode ir indo. - Ela entrou no quarto dela [?]. Você ouviu mais tosse conforme passava em frente à porta fechada do quarto dela.

Você desceu as escadas e seguiu o cheiro de comida. Ovo frito com mais alguma coisa, parece. Ao chegar no que parece ser uma cozinha, você se deparou com Max, na frente de um fogão à lenha. Fritando algo - Bom dia, Alex. - ele disse, sem tirar os olhos da panela. - Está faltando um pouco de comida, então vamos ter de comer apenas omelete agora de manhã. No almoço agente arranja alguma coisa melhor.

Depois de alguns momentos, ele te serviu um omelete com queijo e presunto dentro. Afora isso, apenas pão [que ele te ofereceu, caso quisesse comer junto com o omelete].

Ambos se sentaram nas cadeiras presentes na cozinha enquanto você comia. O som do prato de porcelana e o talher de alumínio se chocando ocasionalmente foi a única coisa fazendo sons por alguns momentos, até Larisse adentrar a cozinha. Tossindo. - Uuuuuh... Tosse desgraçada... - ela olhou para a cozinha por alguns momentos. - Cadê o resto?

- Oi, Larisse. "O resto" já tomou o café da manhã. E foram caçar almoço.

- Você já explicou pro Alex as coisas?

- Não, eu achei melhor deixar ele comer em paz. - ele se levantou e buscou um prato com um omelete que estava em cima do fogão. - O seu. - ele passou o prato para Larisse, que olhou para ele por alguns momentos.

- ...eu- Coma. - Max interrompeu-a praticamente antes de Larisse começar a frase. - ...Okay...

Você terminou de comer enquanto isso. Não saciou sua fome, mas ao menos seu estômago parou de doer de fome. Larisse optou por comer apenas o omelete, sem pão, e se sentou em uma cadeira do lado oposto ao que você se sentou, ficando de frente para você. Vez ou outra ela parava e começava a tossir. Não dava para saber se ela tava se engasgando ou se ela estava tossindo por causa da gripe.

- Certo. Alex, para resumir a história toda, nós fazemos parte da Resistência, que é um grupo que se opõe ao rei atual de Lunaria. O local onde estamos é secreto, mas por falta de opções ontem nós te trouxemos para cá ontem. - Max olhava para você seriamente enquanto falava. Larisse, por outro lado, olhava com uma expressão de "eu não quero isso" para o omelete dela.

- Se você quiser sair, nós não vamos realmente impedir você. Só que o problema é que nós não podemos simplesmente deixar você solto por perto de Lunaria. Então se você quiser ir embora, nós vamos te escortar até um lugar mais afastado daqui, para evitar tanto que você seja capturado pelos soldados do reino quanto que nosso esconderijo seja revelado. *clack clack clack*

É uma decisão sua se quiser ficar ou ir embora. Honestamente, metade do continente já foi dominado por aquela ave. A menos que você realmente *clack clack* ... que você goste de viajar ou tenha algum objetivo, eu *clack clack* ...! Acho que seria- *CLACK* Que foi mulher?! - Larisse estava batendo com o garfo no prato, com cada vez mais frequência.

- Eeeeu não queeero comer issooo... - ela falou, arrastando as palavras. Parecia uma criança choramingando.

- Quantos anos você tem mesmo...? Come esse negócio e fica quieta. - Larisse fez uma careta para ele e voltou a comer quietamente o omelete. - Enfim, você não precisa se decidir agora se vai ficar, Alex. Quando você decidir, é só falar para um de nós. Não tem muita gente aqui no final das contas. - ele se levantou e se direcionou à um balcão com vários ingredientes. E começou a fazer mais um omelete, pelo que parece.

Enquanto Max estava de costas, Larisse olhava para o omelete como se estivesse assistindo um programa de televisão muito chato. Ela levantou um pouco o olhar para ver você e perguntou. - Então, você vai ficar?




[OFF] Esse foi um post um pouco mais longo que o normal. Por isso, provavelmente um post com mais erros que o normal /gt.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

275 [Klazark] em 09/08/14, 03:02 am

Fake

avatar
   
   
Silver


Depois de deixar as coisas no dormitório e fechar a entrada das ruínas, você retornou à pilha de cinzas. Os pedaços de metais ainda estavam ali, mas afora isso não havia nada que te chamava a atenção. Você pegou os metais, que são tão pesados quanto as roupas, e os levou para o dormitório.

Depois de carregar as coisas, o local ficou com um cheiro leve de coisas queimadas. Com a porta fechada, o dormitório ficou um tanto escuro.

Você se sentou em uma das camas, liberando uma nuvem de poeira junto com um cheiro de mofo. A madeira rangeu um pouco, mas não parece que vai quebrar.

No final das contas o que você tem se resume à [além das roupas que você está vestindo]:

Uma katana, uma pena-espada, um mapa;

Um celular vermelho, um sabre, um cubo transparente;

Um traje superior com um buraco no meio e faltando a parte de baixo, uma calça leg e três pedaços de metais - Dois dos quais parecem braceletes, e um que parece ser um cinto pela metade.

E o lampião.



Última edição por Fake em 09/08/14, 03:29 am, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

276 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 09/08/14, 03:27 am

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
As roupas não me pareceram encantadas, apesar de obviamente serem bem fortes, e de qualquer forma não estou muito interessado nelas. Por outro lado, os braceletes e o 'cinto' talvez sejam. Dou uma boa olhada neles, e se me parecerem seguros eu experimento um dos braceletes.

Ver perfil do usuário

277 [Klazark] em 09/08/14, 03:52 am

Fake

avatar
   
   
Silver


O bracelete não parece ter nada em especial no exterior. Possui uns desenhos [arte?], mas nada visivelmente mágico.

Você experimentou colocar o bracelete no seu braço. Diz-se bracelete, mas realmente parece com um anel de metal gigante, com um comprimento igual à sua mão aberta.

Você conseguiu colocar ele facilmente. Na hora, ele não fez nada além de pesar seu braço, mas alguns instantes depois ele se relocou, subindo até o seu cotovelo e um pouco além. Ele ficou ali, flutuando.

Dava para tirar ele usando um pouco de força, ao que ele fazia um clique e voltava a ser um pedaço de metal redondo e pesado.

Recolocar-o no braço reativava ele, fazendo ele voltar à sua posição um pouco acima do cotovelo. Não parece atrapalhar seu movimento, já que ele parece se adaptar para não ficar no caminho. Também não pesa enquanto está assim. Apesar disso, não parece ter lá grande utilidade.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

278 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 09/08/14, 04:02 am

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
Interessante. Experimento colocoar o segundo bracelete no meu outro braço, e também o cinto. Talvez alguma coisa aconteça se eu usar os três juntos.

Ver perfil do usuário

279 [Ainda Klazark] em 09/08/14, 04:06 am

Fake

avatar
   
   
Silver


Você experimentou o segundo bracelete, que fez a mesma coisa que o outro; se afixou um pouco acima do cotovelo do seu outro braço.

O cinto, entretanto... Ele não realmente faz nada. Ele é pequeno demais para servir como um cinto, na verdade, sendo do tamanho de uma tiara. Mas maior. Ele não parece se "encaixar" em nenhuma parte do seu corpo como os braceletes, também.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

280 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 09/08/14, 04:11 am

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
Que pena. Se o cinto/tiara funcionasse como os braceletes, eu poderia usá-lo pra segurar o lampião sem usar as mãos.

Eu o coloco na minha cabeça de qualquer forma, só pra garantir que eu não vá deixá-lo para trás. Eu dobro o traje furado e a calça, e os ponho no beliche ao lado.

Já que está escurecendo e eu já verifiquei tudo que achei, decido dormir antes que eu morra de tédio.

Ver perfil do usuário

281 [Klazark] em 09/08/14, 05:25 am

Fake

avatar
   
   
Você coloca a pseudotiara na sua cabeça. O que não dá muito certo, por causa que ela também pesa. E ela não fica muito firme na sua cabeça, sendo um pouco maior que a sua cabeça. Assim que terminou de colocar as coisas na outra beliche, você dormiu.

. . . .
Leitura opcional, da ze.
Não tem nada de particularmente importante.

Você não conseguia dormir. Estava desconfortável, e você se debateu na cama durante algum tempo. Vez ou outra você tinha a impressão que iria dormir, mas voltava a abrir os olhos. Você tentou de tudo para dormir. Até contar ovelhas. Simplesmente não dava para dormir.

Por causa da contagem de antes, agora sua cabeça estava lotada de ovelhas. Eram visíveis inúmeras ovelhas girando ao redor da sua cabeça, pequenas como moscas, mas ainda distinguíveis.

Seus olhos continuaram abertos por sabe-se lá quanto tempo. Você tinha a vaga impressão que a luz do dia passava pela porta de madeira quando você finalmente dormiu.
Sheep Sleep Sheep

. . . .

Você acordou, se sentindo bem descansado, apesar do... sonho? Que teve, em que você não dormiu. Provavelmente por causa que você dormiu quase a tarde inteira E a noite inteira. Suas pernas continuam a doer. Não uma dor forte, apenas uma dor irritante.

Uma luz fraca azulada entra por uns buracos na porta, indicando que é manhã cedo. Ou talvez esteja anoitecendo. Os seus pertences continuam intactos e intocados ao seu redor, assim como os braceletes que continuaram em seu braço.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

282 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 09/08/14, 06:11 am

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
Bem, não tem mais nada pra fazer aqui, eu acho. Estou começando a ficar impaciente, então é melhor me preparar pra entrar na ruína.

Recolho meus pertences e me preparo para sair. Eu deixo as roupas da falecida na beliche, junto com o cinto/tiara/whatever, mas continuo usando os braceletes. Vou pra fora, observo o céu por alguns minutos pra saber se é manhã ou tarde, e começo a procurar alguma coisa inflamável pra acender o lampião.

Ver perfil do usuário

283 [Klazark] em 09/08/14, 06:36 am

Fake

avatar
   
   
Silver


Depois de se reequipar, você sai da construção e se depara com a luz do dia. O exterior também continua a mesma coisa de antes. Assim como antes, não tinha muita coisa que pegaria fogo facilmente. Teria de refazer fogo da mesma forma que havia feito para cremar as garotas.

Repetindo o mesmo processo daquele dia, você buscou algumas coisas para iniciar a fogueira. Depois de alguns longos minutos, você conseguiu atear fogo à uma pilha de folhas secas, criando uma fogueira pequena. Depois de colocar alguns galhos, a chama parece estável o suficiente para não apagar com apenas vento.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

284 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 09/08/14, 06:42 am

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
Eu acendo a ponta de um galho na fogueira, e o uso pra acender o lampião.

Com o lampião aceso, eu abro o alçapão e cuidadosamente desço a escada até o fundo do poço.

Ver perfil do usuário

285 [Klazark] Ruínas em 09/08/14, 05:15 pm

Fake

avatar
   
   
Silver


Após acender com sucesso o lampião de combustível desconhecido, você andou em direção à entrada da ruína. Após reabrir o alçapão, você começou a descer as escadas de mão precárias com uma mão.

O ranger e o balanço constante da escada davam a impressão que à qualquer momento um acidente iria acontecer. Mas no final, você conseguiu aterrissar em segurança e em cima de uma pilha de cinzas.

O que havia alí era palha, antes de ser queimada. Um pouco da palha ficou intacta debaixo do monte. Você desceu no telhado de uma construção de pedra e metal.

Olhando para baixo pelos cantos da construção, dava para ver a ampla cidade subterrânea até certo ponto. Pelo tamanho, a construção seria um arranha-céu, se não estivesse no subsolo. Em um canto da construção, existe escadas de pedra para o andar inferior.

O andar inferior não passa de uma sala vazia, exceto por uma mesa de pedra. Aliás, todos os andares parecem possuir um grande nada a ser coletado.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

286 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 09/08/14, 05:25 pm

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
Nenhum tesouro à vista. Isso não me preocupa muito, considerando o quão perto eu estou da entrada, mas uma fonte de luz melhor que esse lampião seria útil.

Eu desço as escadas, verificando cada andar até encontrar alguma coisa ou até eu chegar ao térreo, o que vier primeiro.

Ver perfil do usuário

287 [Klazark] Ruínas em 10/08/14, 12:55 pm

Fake

avatar
   
   
Silver


Todos os andares que você passou estavam vazios, exceto por "móveis" de pedra, afixados no chão ou nas paredes. Poeira e terra misturados dão um tom cinzento amarronzado ao chão em quase todos os andares.

O lampião que você carrega não dá muita luz, mas como cada andar possuí apenas uma sala pequena, era luz o suficiente para ver a sala toda. E o ar sujo, entrando e saindo por pequenas janelas esculpidas na pedra da construção.

Deve ter descido uns 90~ ou mais andares quando chegou em um dos andares próximos à superfície. Felizmente, a estrutura parece estar em um bom estado, e por isso nenhum acidente aconteceu durante a descida. Infelizmente, uma grande quantidade de terra cobre as escadas para os andares inferiores. Você teve de sair por uma das janelas, já que o monte de terra soterrou os primeiros andares. E aproveitou e criou uma ladeira íngreme, pelo qual você conseguiu descer.

O cenário com o qual você se deparou talvez seria similar ao que você encontraria em Dyorie, se as construções estivesse inteiras e no subsolo. O problema aqui é metade das construções estarem soterradas. Quando há uma forma de entrar em uma construção que não está completamente debaixo de terra elas estão em sua maioria inteiras.

E completamente desprovidas de tesouros. Afora os móveis de metais e pedras comuns, poucas coisas sobraram. Dessas poucas coisas, a maioria são partes de alguma outra coisa; engrenagens, canos, etc. E raramente, havia uma caneta [?] de metal emperrada ou então um copo de alumínio enferrujado.

O ar embaixo está úmido e abafado. De uma forma ou de outra, algumas plantas exóticas conseguiram se estabelecer na terra sem sol, acrescentando uma cor verde ao cenário. Debaixo destas plantas, frutas estranhas repousam, intocadas. É difícil saber se o cheiro forte é natural ou se os frutos estão simplesmente podres.



Última edição por Fake em 27/08/14, 02:50 pm, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

288 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 12/08/14, 08:22 pm

Yuki

avatar
Camper
Camper
Que estranho o que será isso? Mary você tem alguma idéia sobre o que pode ser isso? Yuki perguntou estreitando os olhos para tentar ver melhor enquanto seguia lentamente o rastro até o lago. Conforme ia andando Yuki sentiu seu coração começar a bater mais rápido com a expectativa de encontrar algo.

O que será que tem lá? Tomara que seja algo interessante ou até mesmo uma pista. Yuki mal conseguia segurar o pequeno sorriso se formando em seu rosto. Mas mesmo assim é melhor eu ter cuidado não sei o que pode ter lá ou o que pode acontecer quando chegar lá

Ver perfil do usuário

289 [????] ???? em 14/08/14, 03:55 pm

Fake

avatar
   
   
Yuki


- Mary você tem alguma idéia sobre o que pode ser isso?
- Hm? - ela teve de procurar por alguns momentos o que você estava olhando. - Não tenho certeza... Mas eu acho que deixaram esse rastro aqui de propósito.

Apesar de ter diminuído seu campo de visão, estava um pouco melhor de se enxergar com seus olhos cerrados. O rastro retangular e perfeitamente reto seguia além do lago congelado, ao qual vocês atravessaram com alguma dificuldade. Aliás, foi você quem teve dificuldades andando na superfície congelada do lago, tendo de se apoiar vez e outra em Mary, que andava como se fosse absolutamente natural.

Agora que você notou, com os pés dela fora da neve, ela está simplesmente andando descalça. É um mistério como ela não está congelando até a morte, com ou sem chama aquecendo vocês.

Do outro lado do lago, o rastro continuava, mas Mary parou logo após vocês atravessarem o lago. - ...eu não posso passar daqui. - ela disse, olhando para o chão. Seguindo em frente você vê o que parece ser uma vila, descendo por um barranco. O rastro continua, indo naquela direção.

A floresta cercava o lago, e continuava logo após o barranco coberto de neve. Não parece ter nenhuma forma de se descer de forma segura. Ou ao menos, não havia.

- Você vai continuar não é? Então... - ela fez um gesto com as mãos, como se estivesse levantando algo. Escadas de neve de formaram logo à sua frente, criando uma escadaria que parece descer até lá embaixo de forma segura. Exceto por ser de neve. - ...é seguro. - Mary te disse.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

290 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 14/08/14, 04:49 pm

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
Observando a magnífica cidade subterrânea, eu tomo um momento pra observar os frutos estranhos mais de perto. Eu pego um deles e o levo ao meu nariz para confirmar se está podre, e em caso negativo eu o guardo no bolso externo do lado direito do meu casaco.

Passo as várias horas seguintes explorando as redondezas à procura de tesouros tomando cuidado para não perder o rumo, mas perdendo totalmente a noção do tempo como eu costumo fazer quando algo interessante aparece em meu caminho.

Ver perfil do usuário

291 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 14/08/14, 10:37 pm

Yuki

avatar
Camper
Camper
Obrigada Mary Yuki disse com um sorriso. Espero conseguir chegar sem problemas e não conseguir nenhum problema lá. Quem sabe eu posso até descobrir algo sobre a Senet ou sobre aquele garoto. Onde quer que esse rastro termine espero que não seja muito longe

Yuki parou de sorrir e franziu a testa,espera de propósito? Se a Mary estiver certa isso deve ser uma armadilha. E o que será que tem naquela vila para a Mary não poder continuar comigo? Mary quem você acha que faria isso de propósito e o que tem naquela vila para você não poder continuar?

Ver perfil do usuário

292 [Klazark] em 15/08/14, 01:24 pm

Fake

avatar
   
   
Silver


O fruto que você pegou parecia inteiro, com um cheiro de enxofre, e com a aparência similar à uma semente de abacate, com uma cor mais cinzenta. Ao toque, ela parecia com uma bolinha de borracha, que dava para apertar bastante sem ela se despedaçar. Você colocou a "semente-fruta" no bolso do seu casaco.

Indo nas áreas mais profundas da ruína, você teve sorte em encontrar algumas coisas de possível valor, como alguns acessórios antigos com jóias [aparentemente] reais ou coisas pequenas em algumas das muitas casas que você passou por.

Loot:
+ Conjunto de xadrez com peças de ouro e prata, e tabuleiro de marfim. Tamanho do tabuleiro de 15x15cm. Possui uma forma portátil, que se assemelha à um estojo pequeno e que permite guardar as peças dentro do tabuleiro. Até que leve.

+ Punhal antigo. Ainda possui fio, e a lâmina de prata não está enferrujada. Mas a empunhadura está meia destruída. Parecia ter uma bainha, pelos farrapos de couro do lado dela.

+ Caneta estranha funcional. Estava servindo como suporte de uma estrutura, que você conseguiu tirar após muito [muito] MUITO esforço. A estrutura desabou, mas você saiu inteiro. A caneta também.

+ Caixa de jóias vazia, mas que serviu para carregar melhor o punhal. Parece ser bem feita, então deve vender por algo. Talvez. Entra mais coisas, mas você vai ter de carregar isso na mão livre o tempo todo.

+ Molho de chaves de prata. Não parece realmente um tesouro, mas enfim.

Você estava em uma construção comum quando encontrou o molho de chaves. Parece ser algum tipo de oficina. Quando você entrou, havia apenas um tanto de tralha em cima de uma mesa mais ou menos no meio da sala. E tralha no balcão encostado na parede. Afora isso, o que parecia ser dois vasos de plantas.

Um arco dava para outra sala, mais escura. Você deixou para depois, enquanto procurava por coisas debaixo da tralha quebrada, até achar as chaves. O vento vindo da porta aberta para a rua ajudou a ventilar o ar um pouco.

O molho de chave estava barulhento, e não entrava no bolso, então você enfiou na caixa de jóias, que parece ter anulado o som completamente. Mas o som, que ecoou de forma estúpida, pareceu atrair um dos moradores locais, vindo do arco para a outra sala.


Low-Intelligence Demons FTW. Clique para ver a imagem original daze.

Demônios. Não o tipo que você conheceu em Midna. O tipo que ataca qualquer um na vista dele apenas para satisfazer sua sede de sangue. Vez ou outra, eles são encontrados em ruínas profundas; como eles matam qualquer um que não seja da mesma espécie que eles, o fato de existir um destes demônios nas ruínas significa que este local deve estar despopulado de qualquer outro monstro.

O estranho é que você não está em uma ruína tão profunda; supostamente, eles apenas aparecem em ruínas profundas...

O monstro rosnou várias vezes enquanto te observava da porta da construção. O nível de inteligência deste demônio costuma ser baixo, mas eles são capazes de utilizar magia e cortar carne facilmente com suas garras longas e afiadas.

E, por cada um deles possuírem aptidões mágicas diferentes, é impossível saber qual elemento ele controla até ele usar uma magia. O que ele não parece disposto à, já que ele está apenas olhando para você. E rosnando.

The [Crappy] Map Daze



Última edição por Fake em 15/08/14, 01:30 pm, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

293 [????] ???? em 15/08/14, 01:29 pm

Fake

avatar
   
   
Yuki


- Obrigada Mary. - ela sorriu de leve, tendo uma expressão triste em contraste com o sorriso. - Mary quem você acha que faria isso de propósito e o que tem naquela vila para você não poder continuar?

- Ah- não tem nada de errado com a vila ou algo assim! É só que... eu... - o sorriso desapareceu, e com isso a expressão de Mary se tornou uma mistura de nostalgia e tristeza. Ela andou lentamente até a borda do barranco. Você notou que ela estava tendo um pouco de dificuldade em andar, como se estivesse ficando tonta.

- Esse... - respirou fundo - É o meu problema. - ela esticou o braço em frente.

Por alguns momentos, parecia que nada havia acontecido. Mary estava com o braço esticado para frente, tensa por nenhum motivo aparente. De repente, a mão dela começou a dissipar rapidamente, em uma nuvem cor-de-pele e vermelho.

Ela tirou o braço, puxando a nuvem de sangue e pele junto - parece que essa pequena nuvem fica no mesmo lugar onde a mão dela estava.

- Eu não posso passar daqui... - ela disse, em uma voz fraca, enquanto se virava para você. Parecia que estava prestes a chorar, pelos olhos dela. Ela tentou esconder a mão dissolvida atrás dela, mas não é muito fácil esconder uma nuvem vermelha no meio de um lugar completamente branco.

- Deixando os meus problemas de lado... Eu não sei quem faria isso. Mas acho que esse queria que você seguisse aquilo quando você acordasse. É uma linha perfeita demais para ser acidental ou natural. Seja como for tome cuidado...

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

294 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 17/08/14, 09:43 am

Yuki

avatar
Camper
Camper
Yuki tinha um olhar triste por causa da mão de Mary, mas ela rapidamente o encobriu com um sorriso e deu um abraço na garota. Eu vou tomar e obrigada por tudo Mary espero te ver novamente. Yuki estava começando a descer a escada de neve que Mary tinha feito quando ela se virou e acenou sorrindo antes de voltar a descer a escada

Vou sentir falta dela, mas é melhor eu me concentrar em conseguir descer a escada e continua a seguir o rastro até a vila por enquanto. Porque alguém iria querer que eu seguisse esse rastro? Yuki suspirou bem eu acho que só vou descobrir se eu seguir ele até o fim

Ver perfil do usuário

295 [????] ???? em 17/08/14, 11:43 pm

Fake

avatar
   
   
Yuki


De início, Mary pareceu ter sido pega de surpresa. Depois de alguns momentos, ela devolveu o abraço, te envolvendo com o calor do corpo dela, que é surpreendentemente aquecedor para quem está usando vestes leves na neve.

- Eu vou tomar e obrigada por tudo Mary espero te ver novamente. - Assim que você disse isso à garota, você viu um sorriso solitário se formando no rosto dela. Acima de tudo, Mary não parecia querer te deixar ir, mas soltou sem exercer força nenhuma para impedir você de descer as escadas.

Após descer um pouco as escadas, você se virou para acenar uma última vez em direção à Mary, que sorriu e acenou de volta. Felizmente, os degraus eram curtos e havia um corrimão em que podia se apoiar facilmente.

A descida levou pouco mais que dois minutos, em que você se deparou com outra floresta, mas com uma estrada dessa vez. Olhando para trás, Mary não estava à vista; não dava para ver o topo do barranco que acabara de descer. Convenientemente, o rastro seguia a estrada.

Você notou que o clima estava ficando mais frio. Quanto mais você seguia em frente, mais havia vento. O que era normal; até você descer as escadas, estava anormalmente quente para um local com neve. Agora sim a temperatura parece de fato com o de um lugar frio o suficiente para nevar.

Alguns minutos depois, o frio ficou insuportável. Ventava. Mal conseguia manter os olhos abertos e a dor, que irritantemente permaneceu durante o passeio todo, também não estava ajudando. Felizmente, ou você não sentia a dor no resto do corpo por causa do frio ou o resto do seu corpo melhorou. Provavelmente o primeiro.

Estava começando a ficar difícil de andar. Suas pernas não respondiam bem, e por causa disso houve mais de uma vez em que você tropeçou e caiu ou teve de se apoiar em uma das árvores próximas.

Acabou perdendo a noção de distância no meio do caminho. A estrada de terra não possuia nenhuma indicação de "Vila à 500 Metros" para servir como referência no meio da estrada. Há, entretanto, um homem vestindo roupas pretas parado bem no meio do caminho. Boa parte de sua expressão está oculta por uma cartola inclinada de forma a ocultar seus olhos, mostrando apenas sua pele pálida como a de um morto.

- A princesa adormecida acordou, eim? - ele disse. Um sorriso leve se formou nos lábios cinzentos dele - Não deu pra ti trazer até a cidade por causa daquela pirralha lá, mas é menos trabalho pra mim si você ir até lá com suas próprias pernas. - ele começou a andar em sua direção lentamente.

Seu coração batia mais rápido quanto mais perto ele chegava. E seu instinto estava lhe dizendo para não chegar perto dele. Apesar disso, correr não parece muito viável. Ao menos, seu yoyo estava em um lugar de fácil acesso, e você ainda consegue utilizar magia. Caso queira/precise.



Um cavaleiro muito amigável. Yeah. Clique na imagem para ver versão original.
Well, uma escavadora à bordo, I guess....

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

296 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 17/08/14, 11:56 pm

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
Enquanto coleto os tesouros deixados por civilizações perdidas, eu começo a pensar que talvez eles tenham sidos extintos por sua própria estupidez. Afinal, quem é que usa uma caneta como suporte estrutural? Por outro lado, tenho que admitir que quem quer que tenha feito essa caneta devia ser um gênio.

Ao entrar na oficina, a caneta está num dos bolsos internos do mesmo casaco, o mesmo onde eu guardo a lâmina que ganhei de presente do velho Joestar. Eu especificamente a coloco num bolso diferente de onde eu deixo o mapa, caso a tinta vaze. O conjunto de xadrez está fechado, em forma de estojo, e eu o estou carregando na minha mão direita. Sobre ele está a caixa de jóias, com o punhal dentro.

Eu coloco o conjunto de tabuleiro e caixa de jóias na mesa para pegar o molho de chaves, tomando cuidado para não fazer barulho. Infelizmente as chaves não cooperam, e o molho também não cabe nos meus bolsos, então eu o coloco na caixa.

Em seguida, o demônio aparece. Nenhuma expedição está completa se eu não encontrar ao menos um oponente pra duelar. E ele veio em boa hora, já que eu tenho uma espada nova que gostaria de experimentar.

Me afasto da mesa em direção à parede à minha esquerda, onde há mais espaço para movimentação, pra que o demônio não ataque acidentalmente os itens que coletei. Eu saco o sabre e imediatamente disparo uma Lâmina de Ar (50 MP) contra o demônio, mantendo a lâmina entre mim e ele após o golpe caso ele decida contra-atacar.

Ver perfil do usuário

297 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 18/08/14, 01:56 pm

Yuki

avatar
Camper
Camper
Os olhos de Yuki se arregalaram um pouco e varias perguntas passaram por sua cabeça enquanto ela olhava para o homem. Quem é esse cara? Será que ele é o garoto de antes? O que ele quer comigo? Será que ele vai tentar me machucar? O que ele quer de mim? E o que é esse negócio de princesa de novo

Yuki deu um passo para traz e soltou um pequeno rosnado enquanto estreitava os olhos prestando atenção nos movimentos dele. Yuki deixou sua guarda alta se precisasse o seu yoyo para se defender ou usar o teleporte da umbra para fugir. Não fale assim da Mary! Porque você fica me chamando de princesa? E mais importante quem é você.

Ver perfil do usuário

298 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 19/08/14, 11:09 pm

Fake

avatar
   
   
Silver


Precisão do Ataque - 9/10

D3/10 - Custo de Mana = 44
Restante - 172


O demônio praticamente esperou você se afastar da mesa, sacar o sabre e lançar o ataque contra ele antes de retornar à sala de onde veio com um salto. Tendo em vista que a parede atrás do monstro não foi afetada pelo seu ataque, ou a parede é incrivelmente forte ou o monstro foi acertado pela sua magia.

Com exceção de alguns grunhidos ininteligíveis vindos da sala ao lado, o local ficou em completo silêncio. A outra sala está escura ao ponto que está difícil dizer o que há lá dentro.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

299 Re: [RPG] Reverse Genesis - TEA em 20/08/14, 12:23 am

Silver

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
O fato de haver um demônio desses por aqui sugere que há uma entrada para uma parte mais profunda da ruína por aqui, se é que tal coisa existe em Klazark. Infelizmente, isso também significa que eu provavelmente vou encontrar mais deles por aqui.

Eu decido não tomar o risco de ser atacado por um número maior de demônios sob os termos deles. Ativo Wind Walk (30 MP) para acelerar, adentrando a próxima sala e enterrando o sabre no rosto do demônio assim que ele estiver a meu alcance, só pra garantir que ele esteja morto.

Se nesse ponto eu puder ver ou ouvir algum outro inimigo, ou o demônio sobreviver, eu recuo em direção à sala de onde vim. Caso contrário, olho ao meu redor dentro da nova sala.

Ver perfil do usuário

300 [????] ? ? ? ? em 21/08/14, 10:20 pm

Fake

avatar
   
   
Yuki


- Não fale assim da Mary! Porque você fica me chamando de princesa? E mais importante quem é você.

- Pffft. Já ficou amiguinha da monstrinha? - ele deu uma risadinha, entretido. A voz dele é um tanto mais grave do que a voz do garoto que você ouviu. Não parece ser ele. Porém, a voz ainda lhe é familiar, por algum motivo. - Tem gente que fala que "os semelhantes se atraem"... Talvez seja verdade, eim?

A cada palavra dele, você se sentia mais irritada. Talvez não fosse nem por causa do que ele estava falando; apenas a voz dele te dava uma vontade de pular e espancar ele. - E quem eu sou não interessa. O que importa é que nós precisamos ir lá logo. - o homem indicou a cidade, apontando com uma besta pesada para a vila - Agente não tem tempo pra fica perdendo aqui, então vamo logo criatura.

Ver perfil do usuário http://criatividadeavulsa.wordpress.com/

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 10 de 12]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum