Sejam bem vindos ao RPG via Fórum, onde pretendemos reunir jogadores, curiosos e interessados nesse grandioso mundo que é o RPG

Conectar-se

Esqueci minha senha



Parceiros
Fórum grátis

Últimos assuntos
» Chat - BatePapo - Descontração
28/10/16, 08:53 am por Fake

» [RPG] Terra devastada(Survival Z)
09/08/16, 05:42 pm por Felype Dias

» [RPG] UNIVERSOS
31/05/16, 03:45 pm por Grifen

» [UNIVERSOS] Ficha e Instruções
31/05/16, 03:37 pm por Grifen

» [RPG] Caminho Das Chaves
17/03/16, 02:29 pm por LíderDosLíderes

» [Database] Caminho das Chaves
16/02/16, 05:32 pm por LíderDosLíderes

» [RPG] Turno da Noite (Solo)
05/11/15, 06:42 pm por OJPSampaio

» [RPG] Mundo Aberto – Vampires à Paris
28/06/15, 08:29 pm por RPGista

» Peste Negra em Sevilla: Fichas e Informações do Cenário
26/06/15, 04:50 pm por RPGista


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[RPG] Days of Carnage

Ir à página : Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 2]

31 Re: [RPG] Days of Carnage em 28/12/14, 05:36 pm

jhuan

avatar
Camper
Camper
Zederic chega até a porta da carruagem e diz em um tom seco: Bom, não temos nada a perder... Mas mirai vai sentar ao meu lado pois ela está me acompanhando e não a você, não acha? Este sorriso é desnecessário depois de ter feito nós passarmos por tudo isso...

Vira o rosto rapidamente e fala: Mirai concentre se!
e segue carruagem a dentro.

Ver perfil do usuário

32 Re: [RPG] Days of Carnage em 08/01/15, 01:55 am

Senet

avatar
Postador Calouro
Postador Calouro
Adel

Sem se importar com quem seria o homem, voce decide que tomaria o dinheiro dele como um bonus pela tarefa. Enquanto Samyra iniciava um furto sutil no embriagado, voce atira uma faca, afim de arrancar o saco de moedas deles. Porém, sua pericia com o armamento e a sua precisão se mostram incapazes de ignorar uma margem de erro. O golpe fura a barriga avantajada dele, que instintivamente empurra Samyra, o que faz com que a segunda faca a acerte de raspão no rosto, criando um talho no mesmo.

Em função do golpe, a serpente que envolve o busto quase desnudo dela escorre até o solo, e, aparentemente, foge. Ela se levanta enfuriecida, e dispara em sua direção. Despedaça com a alfange o tronco da arvore em que voce está. Enquanto sente o tronco tombar, seu corpo se enche de adrenalina. Talvez ela fosse demais pra você.

Sabato

Vendo que voce pretende partir , o homem adquire postura de combate com sua espada. Ele investe contra voce, que o trespassa sem qualquer dificuldade. Como era de se esperar, lento demais. O sangue do velho esguicha pelas paredes, e ele cai no chão, ao lado do corpo da mulher torturada. Morta, ela agora ja não mais cedia aos ultimos espasmos. Para sua surpresa, ele, por outro lado, ainda estava vivo. Ainda sem poder se levantar, grunhe pela raiva e pela dor, enquanto voce simplismente segue até a porta seguinte.

Diferente das outras, essa era de madeira, e dava para um campo aberto, ao pé da montanha. Voce conhecia o caminho, afinal, agora os Vigias moravam num refugio proximo dalí. Do lado de fora, dois de seus colegas esperavam por voce. No meio da grama e do sol forte estavam as figuras cobertas de preto. Era dois homens muito altos, Marif era também muito magro, de pele escura. Voce o conhecia por usar serpentes. Mashhur não tinha um dos braços, mas era extremamente robusto.

- O Heremita¹ passou na sua frente - riu o homem esguio. - O rei esta com ele agora, mas ja estamos resolvendo isso ...

- Estamos aqui porque Mitsuko teve outra visão². - interrompeu, Mashhur - Voce precisa retornar imediatamente.

- Ainda assim, isso seria admitir que voce falhou, não acha? - continuou Marif

Notas:

¹Heremita é um homem que vive afastado no coração da floresta. É tido como a autoridade mais alta entre os caçadores da região.

²Mitsuko tem habilidades oraculares, ainda assim, voces não são realmente obrigados a obedece-la. Se quiser retornar ou ignorar o aviso e seguir até o Heremita para cumprir a missão original depende de voce

Zederic

A carruagem começa entra em movimento, e a sirene inicia a historia de sua raça. Tiveram origem em uma serpente marinha ancestral. A criatura era muito sabia, e existiu por incontavies milenios, adquirindo os mais diversos conhecimentos. A serpente tambem era muito orgulhosa. Seu ego foi ferido quando um rei decidiu mandar expedições para caça-la, pensando que dessa forma descobriria o segredo de sua longividade.  A audacia do homem a enfureceu tanto que ela decidiu hibernar por uma era, para que só acordasse quando ele e toda a sua linhagem estivessem mortos.

Os séculos se passaram, mas foram incapazes de extinguir a prole. Quando a serpente finalmente acordou, acabou fascinada por uma das descendentes deste mesmo rei, e, tomando forma humana, terminou gerando um filho com essa mesma mulher. Porém, a criatura era tão horrivel que não tardou para ser hostilizada pelos humanos. Apesar disso, a criatura sobreviveu e teve muitas crias, igualmente repulsivas.

Os seres eram tratados de mesma forma em terra quanto no mar. Os seres aquaticos os reconheciam como criaturas estranhas. Por essa razão eles passaram a viver em rios de agua doce com poucos animais menores, onde emboscavam humanos particularmente belos com seus cantos e depois os barbarizavam. Isso eventualmente fez com que gerassem as sirenes atuais. Filhas dos mais belos entre os homens, e dos mais repugnantes entre os seres marinhos.

Atualmente, devido a grande mistura entre as raças, as sirenes perderam muitas de suas caracteriscas atuais, fazendo com que as da geração, se assemelhem cada vez mais a humanos comuns. Inclusive, hoje sirenes femeas são todas estereis, o que faz com que só seja possivel gerar sirenes com seres humanos. É uma raça fadada a se diluir por completo.

Kaya [a sirene na carruagem], apesar de aparentar juventude, revela ser a mais velha dentre as sirenes vivas, e que esta proxima de seus anos finais. Como todas as suas crias com mulheres humanas acabaram morrendo, é a hora de escolher uma sucessora fora de sua linhagem. Elas são Meri e Kanda. As duas se equivalem em beleza e poder.

Segundo a propria Kaya, um traço intrinseco de sua raça é a covardia. O que se poderia esperar de uma raça fraca, porém perspicaz. Sirenes, ainda hoje, podem alcansar uma longividade muito alta.

Diferente de seus inimigos de raça, os Aragami, elas não tem qualquer vantagem em campo de combate, o que as obriga a se valer sempre de subterfugios. Tal traço se mostra evidente, conforme ela te explica que Kanda e Meri jantam juntas todas as noites, porém, tramam o assassinato uma da outra, sempre dependendo de terceiros para executar a tarefa.

O problema é que elas tem falhado até então, e usando metodos cada vez mais agressivos e extravagantes, podem acabar atraindo atenção para o clã. Uma falha fatal que elas tem evitado desde sua criação. É por isso que Kaya decidiu fazer da richa um evento. Encontraria dois guerreiros opostos, e deixaria que decidissem por quem lutariam. O combate seria presenciado por todas as sirenes, e seu resultado determinaria a nova lider.

Como é de se esperar, o campeão receberia uma enorme quantidade em dinheiro, alem de continuar a ser favorecido pela Sirene escolhida até o fim de sua breve vida humana.

Segue abaixo ambas as opções e suas vantagens:

Meri

Meri é como um vulcão. Fumaça escapa de sua boca constantemente por estar sempre fumando. De olhos vermelhos e base inabalavel, esconde uma chama potente e uma personalidade explosiva. É uma sirene esteril. Uma mulher negra de cabeça raspada e seios fartos. Usa varios adornos em rubi, e vestidos reais vermelhos. É casada com o Comandante de Larkin [o reino onde voce vive]. O casamento foi uma troca de interesses. Ela obteve o titulo de nobreza e o direto de viver no palacio, onde exerce certa influencia sobre a corte, e em troca, o marido teve acesso a fortuna dela.

Explicações:

Larkin é um reino dentro de muralhas, dentro delas existem vilas e tavernas, e mais no centro existem outras muralhas, onde residem os nobres, seus criados, alguns soldados que cuidam das muralhas e militares de alta patente. Larkin tem 10 mil habitantes, seis mil deles são civis , mais de tres mil são soldados. Larkin tem dois comandantes influentes, cada um deles tem dois generais  [quatro no total], cada um dos generais tem sobre seu comando um exercito de 1500 homens. Sendo assim, cada comandante tem dois generais como subordinados [tendo, no total, tres mil soldados sobre seu comando].

Vantagens:

Meri pode te informar sobre coisas relevantes que ocorrem na corte. Alem disso é a sirene mais influente no reino de Larkin [ainda que dentre as sirenes seja menos influente que Kaya, e até o presente momento, tão influente quanto Landa], o que pode te trazer vantganes interessantes. Além disso, voce recebe 50 mil moedas de ouro caso ganhe.


Kanda

O oposto de Meri, Kanda atrai de uma forma intimista. Aparenta fragilidade, ao mesmo tempo que fascina. Além disso, seus olhos azuis são como pedras de gelo, e parecem ler através de qualquer intenção, usa adornos de ametista e vestidos azul-turquesa. Tem a pele clara e cabelos negros, e os labios são pintados com um lilás claro. Tem tambem tres filhas, mas apesar disso , Kanda é um espirito livre. Tem paixão de explorar o mundo, e é dona de seis navios. Dois deles sempre estão num porto proximo, com seus canhões apontados para a cidade.

Vantagens:

As naus oferecem uma possibilidade eficiente de transporte, além de poder belico. Além disso, tambem receberá 50mil peças de ouro.

Ainda imerso pela conversa, a carruagem para, fazendo com que voce desperte do transe provocado pela bela voz. Ja estando dentro das muralhas, voces seguem até o palacio. Kaya , ainda que estivesse de pé, nao parecia dar passo sobre passo, mas deslizar pelo chão. Fazia sentido, uma vez que ela não deveria ter pernas.

Voces são acompanhados pelo criado e seguem até um porão bem guardado. La dentro, era surpreendentemente grande, iluminado e bem decorado. Tambem estava cheio de mulheres bonitas, e alguns homens, aparentemente muito ricos [e em transe], as acompanhando.

Kaya se senta sobre uma poltrona, proxima de outra tres mulheres. Eram Meri, Kanda e uma desconhecida, com cabelos castanhos e olhos amarelos. Era hora de escolher seu lado, ou recusar a oferta.

Xia Hue

Os homens da corte pareciam vagabundos em uma taverna quando o ritmo contagiante os tomava. Suas apresentações não raramente eram interrompidas por pancadaria, e ocasionalmente morte, tudo com a intenção de fazer com que os notasse. O corpo esculpido pelos deuses dançava com maestria, e o rosto de anjo era o suficiente para atirar a sanidade pela janela.

Era surpreendente, entretanto, que tal admiração só durasse de longe. Uma vez que lhe dirigiam a palavra, a coisa mudava. Algo sobre ela fazia com que fosse extremamente odiavel [Carisma 0]. Se lembrava da vez em que levou um chute no estomago e apagou por um dia inteiro, logo após receber um convite para sair. Como exatamente poderia existir, alem de como animal de exibição, era um misterio.

Hoje, talvez não teria tanto sorte. Havia acabado de dançar por horas, era tomada pela exaustão e pelas gotas de suor. Um homem se aproximava, ainda que aconselhado pela organizadora a não se comunicar com voce, ele a empurra e continua seguindo. Ja estava do seu lado.

- Eu nunca vi alguem dançar assim ...

Ver perfil do usuário

33 Re: [RPG] Days of Carnage em 08/01/15, 05:37 pm

leda

avatar
Camper
Camper
Droga!
Ao perceber que a adversária pretendia derrubar a árvore, Adel dobra os joelhos, pega impulso e faz um duplo-twist-carpado com a intenção de aterrisar em outra árvore.
Antes mesmo de saltar, Adel pega um punhado de shurikens na mão e, quando está em pleno ar, atira para baixo, na direção onde a mulher se encontrava.

Eu deveria cobrar uns 30% a mais por isso...

Ver perfil do usuário

34 Re: [RPG] Days of Carnage em 12/01/15, 02:09 pm

jhuan

avatar
Camper
Camper
Kaya ainda tudo isso sendo uma surpresa, darei minha considerações finais, mesmo eu não concordando com a forma que irá decidir a posição de uma delas.
Acredito que poder bélico pode ser conquistado com o tempo, mas influencia em um reino é realmente difícil, não é qualquer um que vire alguém do dia para noite. Meu objetivo é claro e essa influencia com certeza irá trazer benefícios futuramente.  Lutarei ao lado de Meri.

Ver perfil do usuário

35 Re: [RPG] Days of Carnage em 20/01/15, 01:18 am

-Ela permanecia a dançar da mesma forma,mesmo que exausta,porem em meio a dança,ao notar a presença do homem,bem ao seu lado,pensou,virada de costas em meio a coreografia,para que nem a propria expressão facial que entregaria,talvez,seu receio,ele pudesse ver:

"o que esse pedaço de bosta esta fazendo aqui?pelos deuses,esse reino esta mais para um cabaré..."

-e prosseguindo com a dança,respirava fundo,em um misto de alivio mental com o corporal,devido ao longo período de dança.Em meio a coreografia,se distanciava do rapaz com um salto um pouco mais empenhado,uma cambalhota em si,que so uma boa trapezista de circo faria.E pegando essa distancia,rodeava o cenário entre reboladas e coreografias escenativas com as mãos.Estava anciosa para o fim da musica,para ver se conseguia pensar algum jeito de sair daquele ambiente-

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 2]

Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum